Hackers já preparam desbloqueio do iOS 4.3



O iOS 4.3 deve ser apresentado ao público em pouco tempo e usuários de iPhones desbloqueados já começam a perguntar quando o desbloqueio total do iPhone 4 será liberado. Segundo o Redmond Pie, será logo.
O hacker Sherif Hashim disse em seu Twitter que está testando as ferramentas e que estão funcionando bem. Mas ainda é preciso ter paciência; o MuscleNerd, do iPhone Dev Team afirmou que só irão lançar o desbloqueio após o iOS 4.3 chegar ao usuário final. Isso permitirá que os usuários de iPhones 4 possam desbloquear seus smartphones nos basebands mais recentes (3.10.01 e 2.10.04), informa o TiPb.
O iPhone Dev Team pretende testar o hack por mais duas semanas após o lançamento do iOS 4.3, para verificar erros e problemas. O último desbloqueio lançado foi em novembro de 2010, quando o Dev Team lançou o Ultrasn0w para os usuários de iPhones 3G e 3GS, que permite desbloqueio permanente dos dispositivos com iOS 4.2.1

Sistema de controle cerebral do carro é mostrado na Alemanha

BrainDriver sabe entender se a pessoa está tentando virar para a direita, esquerda, acelerar, frear e assim por diante. Foto: Reuters

Daniel Goehring, da equipe de investigação 'AutoNOMOS', Grupo de Inteligência Artificial na Freie Universitaet (Universidade Livre de Berlim) faz uma demonstração do carro pesquisa chamado de "MadeInGermany" (feito na Alemanha) durante um teste realizado em Berlim nesta segunda-feira. O carro, um Volkswagen Passat modificado, é controlado pelo 'BrainDriver', um software que lê um eletroencefalogramas do motorista em tempo real com apoio adicional da mais recente tecnologia de detecção de radar e câmeras.
Os cientistas da Freie Universitaet conseguiram elaborar um sistema, com progressos significativos em projetos de controle a partir do pensamento, que permite aos seres humanos dirigirem um carro utilizando apenas o poder da mente. O site IEEE descreve o projeto de forma mais técnica: O "neuroheadset", como está sendo chamado o equipamento acoplado à cabeça do usuário, registra as atividades cerebrais e, com um pouco de treinamento, passa a identificar padrões diferentes, de acordo com cada comando que o piloto tenta executar.
Portanto, o 'BrainDriver' sabe entender se a pessoa está tentando virar para a direita, esquerda, acelerar, frear e assim por diante, de acordo com cada um dos padrões captados. Os comandos são enviados então para o sistema de controle eletrônico drive-by-wire do veículo (presente em alguns modelos que já existem no mercado) que reproduz as vontades do motorista. Obviamente, ainda se trata de um protótipo, mas o 'BrainDriver' mostra o enorme potencial para a produção, a longo prazo, de interfaces homem-máquina buscando a condução autônoma de automóveis.

Nova linha permite ao usuário personalizar seu notebook

 A Positivo oferece 26 opções de faces, que podem ser compradas separadamente. Foto: Positivo/Divulgação
A Positivo acaba de lançar a nova linha de notebooks Positivo Premium Select, com um sistema Multi-Faces, que permite personalizar e variar a "cara" do computador com diferentes faces externas. De acordo com a fabricante, os equipamentos saem de fábrica com a tampa removível na cor Black Piano e vêm com uma face extra na cor prata para ser trocada de acordo com o gosto do usuário, que tem ainda outras 26 opções de faces, que podem ser compradas separadamente.
A linha conta com mais de dez modelos equipados com processadores Intel Core i3, i5 e i7, todos com conexão HDMI e autonomia de bateria de até cinco horas. A ideia em oferecer uma variedade de faces para os notebooks Positivo Premium Select é "permite que cada usuário monte seu equipamento seguindo seu estilo pessoal", informou a Positivo. Entre as ilustrações oferecidas estão grafismos, cores fortes em diferentes padrões e estampas de arte contemporânea, criadas por artistas como Flip, Jotapê, Nina Moraes e Armando Merege. Todas as capas podem ser vistas no www.positivoinformatica.com.br/select.
Os notebooks pesam 2,2 kg , têm tela LCD de 14,1 polegadas widescreen, sistema de som Dolby Advanced Audio, conexão HDMI para assistir filmes em alta definição com áudio digital na TV, webcam de 1,3 megapixel, rede Gigabit Ethernet e rede sem fio IEE 802.11 b/g/n integrada. Os aparelhos incluem ainda diversos softwares, como Microsoft Office Starter 2010, um ano de antivírus e Adobe Acrobat Reader.

Chinês cria tanque de 'Transformers' de 5 toneladas em casa

Robô foi construído na sua forma tanque por um único chinês. Foto: Reprodução/Gizmodo 


Um chinês decidiu construir este Megatron na sua forma de tanque (dos Transformers). Então ele foi lá e fez. E ficou ridiculamente detalhado e incrivelmente sensacional. A escultura (é como ele chama) inteira pesa cerca de 5 toneladas

Falha no Gmail afeta milhares de contas de usuários do Google


.. Foto: Reprodução
Milhares de usuários do Gmail enfrentam na manhã desta segunda-feira o mesmo problema: seus e-mails, anexos e conversas no Gtalk - serviço de bate-papo do Google - simplesmente desapareceram. Segundo o Daily Mail a falha no Google pode ter atingido mais de 600 mil usuários do Gmail em todo o mundo, entretanto, outro site, oMashable, fala em 150 mil contas. O problema, relatado ao Google ainda no domingo à tarde, teria afetado 0,29% dos usuários do serviço, mas o próprio Google revisou esse número para 0,08% pouco antes da meia-noite de acordo com o The Huffington Post.
Ao The Huffington Post, um porta-voz do Google, que desde o domingo vem tentando solucionar o problema, disse que "nós já corrigimos o problema para alguns indivíduos. Nossos engenheiros estão trabalhando o mais rápido possível e nós temos esperança de que tudo volte ao normal em breve. Nós lamentamos muito o inconveniente aos nossos clientes". Sobre os problemas, usuários relataram em fóruns de ajuda que eram capazes de enviar novas mensagens, mas que nenhuma das suas conversas anteriores estavam disponíveis. Os contatos parecem ter sido preservados.

CeBIT 2011 retoma tablets, 3D e os eletrônicos de consumo

Nesta terça-feira começa a CeBIT, um dos maiores eventos de tecnologia de informação e telecomunicações da Europa. Voltada aos negócios, a CeBIT agora recebe uma área dedicada aos eletrônicos, a chamada 'CeBIT Life'. O evento vai até o dia 5 de março, sábado, e contará com mais de 4.200 expositores de mais de 70 países, ocupando 20 pavilhões da Messe em Hannover.
O foco corporativo continua lá: o tema principal do evento é "Trabalhar e viver com a nuvem", já que a computação em nuvem é considerada pela organização da CeBIT como um "tema quente". "Cloud computing está crescendo rápido e a caminho de revolucionar todo o setor de TI", disse Ernst Raue, membro do conselho da Deutsche Messe, que realiza a CeBIT.
Estimativas sobre o uso da nuvem nas empresas também são otimistas. Dados da consultoria Gartner revelam que receitas globais de serviços na nuvem atingiram US$ 68,3 bilhões no ano passado, e chegarão a US$ 148,8 bilhões em 2014.
Claro que, de olho nas empresas, serviços como banda larga cada vez mais rápida e acesso móvel no smartphone serão os "motores" da cloud computing. O tema, de acordo com a organização, se espalha em mais de mil fóruns, leituras e keynotes durante a CeBIT 2011.
A estrutura da CeBIT divide o evento em quatro grandes plataformas (PRO, profissional, GOV, governos, LAB, novas tecnologias, e o LIFE, com soluções de consumo). A parte "Life", com dois pavilhões, mostra o retorno dos eletrônicos a Hannover. E quem estará lá? Fabricantes como Motorola, Asus, Fujitsu, e inúmeras outras que já demonstraram lançamentos para o ano na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, no começo de janeiro, e no Mobile World Congress (MWC), ocorrido em Barcelona em fevereiro.
E o que vem de novo? Nesta segunda-feira de prévia da feira, empresas como Microsoft, Asus, Software AG, LG Electronics e Trend Micro, entre outras, realizam seus eventos para a imprensa. A Asus já avisou que vai mostrar seus novos tablets com sistema operacional Android e Windows pela primeira vez na Alemanha, como o Eee Slider, que tem um teclado sob uma tela deslizante.
A MSI prepara o lançamento de um tablet com Windows 7 e um novo processador AMD (C-50), o WindPAd 110W, de acordo com o jornal DigiTimes, de Taiwan. A febre dos tablets continua com um modelo Android 3.0 'Honeycomb' também previsto para anúncio durante a feira.
Voltada ao uso em empresas, a Fujtsu já anunciou que vai lançar um tablet com "os mais avançados recursos de segurança" em Hannover. O Sylistic Q550 é um Tablet PC movido a Windows 7, com tela de 10,1 polegadas, conectividade Wi-Fi, Bluetooth e 3G (opcional), leitor de impressões digitais e é operado via caneta ou pelo dedo do usuário. A Fujitsu diz que o preço sugerido do tablet é de 699 euros, e deve chegar ao mercado mundial a partir de abril.
Soluções 3D também estão na pauta da CeBIT, mas não na forma de televisores ultramodernos. Telas 3D que dispensam o uso de óculos para utilização médica (algo inédito) e em propaganda serão demonstrados por empresas como a Tridelity, a ACL e a Seefront. Dispositivos 3D para uso na arquitetura da VisualTektur, com aplicativos específicos, também aparecem na CeBIT. Mas o destaque mesmo deve ficar por conta da "cyber sala de aula" prometida pela Visenso, de Stuttgart. Simulações 3D aplicadas à educação pretendem ensinar conceitos de biologia, matemática e física aos alunos. Segundo a Visenso, seu sistema requer um PC, um controlador do Nintendo Wii e um televisor 3D compatível.

Antivírus para celular permite separar dados corporativos

O aumento no número de celulares em uso para acesso à internet tem feito crescer a preocupação com ameaças aos dados armazenados pelos usuários nos aparelhos. De acordo com relatório que acompanha a evolução do acesso à rede mundial por telefonia móvel no mundo, publicado pela International Data Corporation e divulgado pela McAfee, o número de unidades de smartphones e tablets deverá ultrapassar o de computadores tipo PCs em 2011. O crescimento no uso pessoal acaba levando à utilização dos aparelhos também para fins profissionais. A McAfee lançou no mercado uma solução capaz de separar dados pessoais dos profissionais.
A principal ameaça no uso dos dispositivos móveis, de acordo com o vice-presidente Executivo e Gerente Geral das Unidades de Negócios de Consumidores, Móvel e Pequenas Empresas da McAfee, Todd Gebhart, é a perda ou extravio das informações armazenadas nos aparelhos em caso de perda ou roubo do dispositivo.
O chamado McAfee WaveSecure, já utilizado por mais de um milhão de consumidores de acordo com a própria McAfee, permite não apenas distinguir o que são as informações de uso pessoal das profissionais, mas também bloquear as informações em caso de perda ou roubo do aparelho e também armazenar e recuperá-las em um aparelho novo no caso da perda do celular ou smartphone.
"Como usuário, quero usar o aparelho para fins profissionais, mas não que a empresa em que eu trabalho possa ter acessoa a minhas informações pessoais. Como um empregado, quero dar aos meus empregadores as informações, mas tenho que assegurar que as informações pessoais permaneçam sendo pessoais", explica. De acordo com o executivo, com o antivírus os usuários podem ainda localizar o aparelho ou dispositivo perdido por um sistema de alarme e rastreamento de localização.
A IDC ainda finaliza o levantamento sobre os acessos móveis, mas acredita que até o final de 2010, pela primeira vez, mais de 20% de todos os dispositivos tornaram-se dispositivos móveis convergentes. Em 2009, 15% de todos os dispositivos comercializados eram dispositivos móveis convergentes.

Funerária oferece velório 3D e aviso de morte pelo Facebook

Uma empresa espanhola está lançando um serviço funerário com elementos inusitados, em que o cliente pode visualizar seu futuro velório em 3D, e sua morte é avisada aos conhecidos por meio das redes sociais.
O serviço é oferecido a clientes que queiram deixar escolhidos os detalhes de sua própria cerimônia funerária. Com um sistema parecido ao de uma lista de casamento, a pessoa opta por vídeos, fotos, textos e tipo de músicas da cerimônia, além das flores, homenagens, decoração e até o cardápio.
Um programa de computador em três dimensões permite ao contratante assistir a uma reprodução em 3D com todos os elementos escolhidos ou entregar suas últimas vontades por escrito e gravadas em vídeo para que elas sejam respeitadas. Também é possível deixar programado um aviso para que, assim que a morte for confirmada, a notícia seja postada no mural do Facebook e os amigos sejam comunicados o quanto antes.
"No começo, pensamos que era uma loucura. Que ninguém nos levaria a sério", disse à BBC Brasil Miguel Adán Martínez, gerente da empresa Por Tudo o que Vivemos. "Por que não ver a pessoa que faleceu, alguém que querido por todos, como uma recordação agradável? E sair do funeral de uma forma positiva?"
Despedida
A proposta da empresa é ajudar uma família a realizar um funeral ou permitir a encomenda de todos os detalhes para quem quiser preparar sua própria despedida. Na oferta de serviços há o chamado Espaço da Recordação, onde amigos e parentes podem acender velas virtuais, deixar mensagens, acessar imagens e até oferecer brindes ao falecido.
Para quem quiser uma lembrança mais pessoal, há urnas para cinzas em diversos formatos, relicários, joias, jardins e objetos de decoração. As cerimônias podem ser personalizadas ou temáticas. Há propostas de lugares, cardápios (incluindo tipos de vinho e champanhe) e cinco modelos básicos de acordo com o estilo do falecido: literário-musical, esportivo, festivo, enólogo-gastronômico e naturalista (com o plantio de uma árvore em sua memória).

Robôs começam maratona no Japão

A primeira maratona de robôs do Japão começou na quinta-feira num percurso construído num centro de convenções de Osaka. A expectativa é que estes ciborgues atletas que medem pouco menos de meio metro de altura percorram todos os 42 quilômetros e 195 metros em três ou quatro dias.
O organizador da prova diz que segundo os cálculos, é possível que os robôs cheguem ao seu objetivo no sábado de manhã, mas é muito provável que consigam terminar antes. Por outro lado, é possível até que a prova só acabe no domingo.
A maratona de robôs no Japão deve levar no mínimo três dias. Para os organizadores, o sucesso da corrida pode atrair maior apoio ao evento, para que ela se transforme em algo parecido com a Copa dos Robôs, um torneio de futebol cibernético que, segundo os seus idealizadores, deve produzir um time capaz de vencer jogadores humanos até 2050.

Samsung lança notebook ultrafino para brigar com Apple


A Samsung Electronics lançou um notebook ultrafino nesta quinta-feira, numa tentativa de ampliar sua presença no segmento mais sofisticado do mercado de computação pessoal móvel, dominado pela Apple.

A Samsung, que emerge como uma das mais fortes rivais a desafiar a Apple nos mercados de smartphones e computadores tablet, também ataca o setor de notebooks, onde a Apple tenta replicar o sucesso que teve com o iPhone e o iPad com a linha MacBook.

A Samsung lançou o modelo 9 Series para competir com o ultrafino MacBook Air, lançado em outubro. A companhia sul-coreana afirmou que o novo notebook custará 2,5 milhões de wons (US$ 2.218) na Coreia e que será lançado a partir do próximo mês nas Américas e Europa. A Apple superou a Hewlett-Packard no trimestre passado como maior fabricante de computadores móveis do mundo, impulsionada pelas fortes vendas do iPad, segundo a empresa de pesquisa de mercado DisplaySearch.

A empresa vendeu mais de 10 milhões de notebooks e tablets no último trimestre, obtendo uma participação de mercado de 17%, quase um milhão a mais que a HP, que ficou com 15,6% do mercado. A Samsung afirmou nesta quinta-feira que tem como meta ser a sexta fabricante mundial no mercado de computação pessoal móvel este ano, um posto acima do ranking do ano passado.

Minirrobôs movidos com pensamento estarão na CeBIT 2011

Para quem se mostra cético sobre a possibilidade de se mover objetos usando o poder do pensamento, a CeBIT 2011, maior feira de tecnologia da informação e telecomunicações do mundo, promete algumas lições - como movimentar minirrobôs apenas pensando.
Uma visita ao estande da universidade de Bremen permitirá conhecer os trabalhos do Instituto de Automação (IAT) da instituição alemã com interfaces cérebro-computador. De acordo com informações do site oficial da CeBIT, os visitantes poderão até mesmo testar a interação: conectados a uma máquina de eletroencefalograma, poderão tentar guiar um minirrobô em um labirinto.
O que parece simples diversão é um trabalho sério. O projeto colaborativo Brain (Brain-computer Interfaces with Rapid Automated Interfaces for Non-experts), no qual pesquisadores do IAT trabalham com outros sete parceiros, investiga como robôs podem ser controlados remotamente por meio do cérebro humano para, por exemplo, concentrarem-se em tarefas como abrir a porta ou servir alimentos. A tecnologia pode trazer enorme benefício para pessoas com deficiência e, a longo prazo, acreditam os pesquisadores, facilitar o dia a dia delas.
A CeBIT 2011 se realiza de 1º a 5 de março em Hanover, na Alemanha. Nesta edição, a feira contará com mais de 4,2 mil empresas de mais de 70 países mostrando inovações em todos os ramos de trabalho e da vida digital.

Novo notebook promete até 30 horas de bateria

A Lenovo anunciou nesta terça-feira seu novo notebook, o ThinkPad T420 que, apesar de parecer bastante convencional, tem características que o distinguem dos concorrentes. Pesa apenas 1,8 kg e promete até 30 horas de autonomia com uma bateria secundária.
O site Ubergizmo destaca ainda outra característica do T420, a redução de ruídos. A nova função permite que os sons ambiente e do teclado do computador sejam abafados, ajudando bastante em vídeo-conferências, por exemplo.

Além, disso, graças às novas configurações que a Lenovo fez em sua instalação do Windows, a Lenovo Enhanced Experience, ela promete um boot em 30 segundos paras as máquinas T420, algo próximo do que muitos PCs rodando Ubuntu já conseguem naturalmente.
Mas a característica mais interessante mesmo talvez seja a autonomia da máquina. Conforme explica o site Slashgear, com uma bateria auxiliar de 9 células, o T420 pode ficar ligado por até 30 horas. Mesmo assim, apenas com sua única bateria, a autonomia já chega a incríveis 15 horas.
O novo modelo deve chegar às lojas em março nos Estados Unidos, com preço inicial de U$ 1.029, cerca de R$ 1,7 mil.

Rede 4G pode criar 'zonas mortas' de GPS nos EUA

O que é mais importante atualmente, uma conexão de alta velocidade ¿ entenda-se 4G ¿ ou uma conexão com GPS? Segundo alguns pesquisadores, as duas redes não podem ocupar o mesmo espaço sem que haja interferências.

Tradicionalmente, os satélites transmitem dados de GPS em uma faixa de 1.559 a 1.610 MHz. Entretanto, em janeiro, a Comissão Federal de Telecomunicações dos EUA aprovou, em caráter preliminar, a instalação de 40 mil estações para a rede 4G no país, operada pela empresa LightSquared, que trabalharia na faixa de 1525 a 1559 MHz, pertencente à banda L.

O site New Scientist lembra que a LightSquared já trabalha nesta faixa adjacente, também para comunicação GPS. Porém, dois engenheiros da Garmin ¿ uma das mais importantes empresas na área de GPS - realizaram testes em laboratório com as novas transmissões. Segundo eles, não existe forma de não haver sobreposição dos sinais, o que criaria grandes áreas sem cobertura de sinal de GPS.

Por outro lado, Jeff Carlisle, da LightSquared, afirma que os problemas estão nos receptores de GPS, que podem "enxergar" na banda L, atrapalhando seu sinal. Agora, a empresa tem até sexta-feira para apresentar um projeto conjunto com as empresas de GPS para resolver os problemas de interferência.

EUA: menor computador do mundo cabe no olho humano

Pesquisadores da Universidade de Michigan criaram o menor computador completo do planeta. Ele é um sistema computacional milimétrico feito para ser implantado no olho humano para monitorar a pressão interna e os sinais de glaucoma.
Segundo o site PopSci, o aparelho é composto por uma pequena bateria, rádio e antena integrados, sensor de pressão, memória e um processador extremamente pequeno, feito para consumir a menor quantidade possível de energia.
Ele possui um processador extremamente pequeno que consome muito pouca energia

Novo carregador usa água para dar energia a smartphones

Um novo dispositivo de carregamento de smartphones está chamando a atenção dos especialistas em tecnologia. Trata-se do AF-M3000, movido à água, que possui células de combustão e fornece energia para aparelhos portáteis por meio da oxidação de um combustível líquido.
O processo eletroquímico acontece pela reação de um combustível líquido com um oxidante. As célular possuem cálcio hidratado e, ao se colocar água no dispositivo, cria-se hidrogênio líquido. A reação deste combustível com um oxidante, o oxigênio, fornece energia para o funcionamento dos smartphones. De acordo com a fabricante japonesa Aquafairy, o carregador completa a carga de um iPhone, por exemplo, em cerca de 90 minutos.
O dispositivo será lançado no próximo mês, no Japão, durante a FC Expo. A venda deve começar em abril por US$ 320, pouco mais de R$ 500.

Conexões 4G, LTE e WiMAX mostram o futuro da comunicação móvel

Muita coisa mudou desde a primeira geração de celulares. Durante a fase conhecida como 1G, o sinal era analógico e suscetível a interferências. Além disso, a falta de criptografia permitia que o sinal fosse interceptado e que o telefone fosse clonado. A chegada da segunda geração (2G) proporcionou grandes avanços, incluindo o uso de sinal digital, que entre outras funcionalidades, permite ser codificado. Com essa geração ganhamos um recurso que hoje em dia parece essencial: o SMS. Os aparelhos e as baterias também diminuíram de tamanho, já que o sinal digital exigia menos largura de banda e consumia menos bateria.
Já a terceira geração (3G) foi usada pela primeira vez em 2001, mas começou a ser desenvolvida em 1992. Além de uma largura de banda maior e uma cobertura mais ampla, o padrão 3G proporcionou que novos serviços fossem desenvolvidos, possibilitando que usuários agora pudessem acessar aplicações via internet, fazer videochamadas e até assistir aos programas de TV favoritos na telinha do celular.
Agora, enquanto navegamos com nossos smartphones, a indústria já começa a planejar a quarta geração (4G) de telefones e comunicações móveis. Palavras misteriosas, como LTE, WiMAX e, mais recentemente, LTE Advanced, começaram a aparecer em notícias que anunciam as possíveis tecnologias que definirão o padrão 4G.
Mas o que são essas tecnologias? Quais serão as diferenças entre 3G e 4G? E afinal, por que devemos prestar atenção no LTE Advanced?
3G X 4G
O padrão 3G, assim como seu antecessor 2G, também trouxe avanços muito significativos para a telefonia móvel. Pela primeira vez, usuários podiam usar um navegador web parar navegar na internet, e proporcionava largura de banda suficiente para assistirmos a vídeos no YouTube e enviarmos mensagens com conteúdo multimídia.
Com o 3G, os celulares foram transformados em espécies de minilaptops. Mas o 4G pretende mudar o cenário e ir além, suportando um número maior de protocolos utilizados via internet, além do aumento exponencial da largura de banda. Isso permitirá o uso simultâneo de voz, jogos com acesso a internet e serviços multimídia via streaming.
Se compararmos os dois padrões, as redes 4G podem chegar a ser de 4 a 100 vezes mais rápidas que o sistema em uso atualmente. Além disso, o padrão 4G está sendo desenvolvido de forma que possibilite o controle da banda, possibilitando que algumas aplicações tenham prioridades sobre as outras ao utilizarem a conexão.
E depois do IPcalipse, é essencial que o padrão 4G também tenha suporte para IPv6, já que o número de pessoas online deve aumentar ainda mais.
Assim como padrões anteriores, o 4G também é definido pela International Telecommunication Union (ITU), uma agência das Nações Unidas de assuntos relacionados à tecnologia da informação e da comunicação.
Embora essa definição ainda não esteja completamente acertada, alguns fabricantes já têm produzidos celulares compatíveis com as tecnologias que farão parte do novo padrão. Um desses aparelhos é o Motorola Atrix, o potente celular anunciado na Consumer Electronics Show deste ano.
As tecnologias 4G
Algumas das tecnologias pré-4G já estão no mercado há alguns anos, mas ainda não atingem completamente as exigências da ITU, que espera taxas de transferência a 1 Gbit/s.
Atualmente, empresas vêm comercializando a marca 4G em seus produtos como sinônimo de suporte para WiMax e Long term evolution (LTE). Vejamos o que são e para que serve cada uma dessas tecnologias.
Worldwide Interoperability for Microwave Access (WiMAX)
Esse protocolo de telecomunicações foi implementado com base no padrão de redes sem fio IEEE 802.16, com o objetivo de levar uma alternativa ao cabo ou à DSL para o acesso a uma conexão de banda larga.
O funcionamento das redes WiMAX é semelhante ao das redes Wi-Fi, mas com um alcance muito maior. A implementação atual do WiMAX pode transferir dados em até 40 Mbit/s, mas com as próximas atualizações pretende chegar à marca de 1 Gbit/s.
O protocolo, que tem sido apelidado de "Wi-Fi com esteroides", pode oferecer uma maneira barata de levar a conexão de banda larga a lugares distantes, como propriedades rurais. Isso acontece porque a tecnologia possui uma área de cobertura muito maior, como a dos celulares, e dispensa o investimento em infraestrutura capaz de levar cabos até as casas dos clientes.
A tecnologia foi usada para ajudar na comunicação em Aceh, território da Indonésia atingido por um tsunami em 2004. Na época, toda a infraestrutura foi prejudicada pelo desastre natural, com exceção das comunicações por rádio amador.
O WiMAX possibilitou conexões de banda larga que ajudaram a recuperar a comunicação com áreas não afetadas. Posteriormente, a mesma tecnologia ajudou a manter a comunicação entre as equipes de ajuda às vítimas do Furacão Katrina.
Além desses casos, Europa e Coreia do Sul já adotaram padrões de banda larga sem fio, como a HiperMAN e a WiBro, ambas compatíveis com a WiMAX.
Long term evolution (LTE)
A LTE foi desenvolvida pela Third-Generation Partnership Project (3GPP) como uma espécie de evolução do High-Speed Packet Access (HSPA), a tecnologia GSM que é utilizada atualmente como banda larga 3G por empresas como a AT&T. A criação da 3GPP funciona como uma técnica de modulação, capaz de transmitir 100 Mbps em cada canal e, com isso, possibilitar um desempenho semelhante às conexões de banda larga de hoje, via cabo.
Os primeiros usos públicos da LTE aconteceram nas cidades de Estocolmo e Oslo, em dezembro de 2009, com terminais para os usuários criados pela Samsung. Também é possível encontrar redes LTE nos Estados Unidos, fornecidas pela Verizon e pela AT&T.
Atualmente o projeto ganhou uma atualização e foi rebatizado como LTE Advanced, que parece ser o candidato mais provável para o que chamaremos um dia de 4G, já que vem ganhando a atenção de grandes operadoras. A principal razão para isso é o fato de que a LTE oferece uma transição mais natural da tecnologia em uso atualmente, a GSM, que tem mais de 3 bilhões de usuários espalhados pelo mundo.
Totalmente compatível com as primeiras versões da LTE, a LTE Advanced é capaz de alcançar taxas de download de 3,3 Gbits por setor da estação base, em situações ideais. Isso levaria a LTE além dos requerimentos solicitados pela ITU.
Em condições normais, a LTE seria capaz de entregar uma taxa de download de 1 Gbps para dispositivos móveis parados, ou cerca de 100 Mbps caso o usuário esteja em movimento, como em uma carro ou trem. Já a taxa de upload da conexão é de 200 Mbps.
Além disso, a LTE Advanced também fornece uma cobertura mais ampla, a um custo mais baixo. Para prover tanta velocidade, a LTE Advanced faz uso de uma antena do tipo MIMO (Multiple-Input, Multiple-Output), que aumenta a capacidade das ondas de transmissão. Além disso, o futuro da LTE promete que ela será capaz de "consertar" a comunicação automaticamente, caso uma das células de transmissão fique indisponível.
Nos Estados Unidos, a Verizon pretende ampliar comercialmente os serviços baseados em LTE até o início de 2012. A proposta da operadora é substituir completamente a tecnologia 3G pela 4G até o final de 2013, expandindo assim a área de cobertura dos serviços.
Marketing e a quarta geração
Embora já tenhamos aparelhos compatíveis com "4G", é bom lembrar novamente que o padrão ainda não está totalmente definido e pronto para uso.
Em setembro de 2009 a ITU recebeu novas propostas de candidatos a 4G, todas baseadas em WiMAX (802.16m) e LET Advanced. É bom lembrar, porém, que embora essas tecnologias estejam de acordo com os requerimentos exigidos pela LTU, elas ainda não estão completamente implementadas. Portanto, podemos chamá-las de pré-4G, ou de 3.9G.
Pode-se argumentar que essas tecnologias estão além da 3G, já que usam uma frequência diferente e não são compatíveis com a geração anterior. Porém, como elas ainda não atendem efetivamente os requerimentos da 4G, elas também não poderiam ser consideradas como tal. Mas certamente essas são as tecnologias que mais chegam perto do novo padrão que vai revolucionar a telefonia móvel.

Apple é considerada campeã em inserção de produtos em filmes

A Apple foi considerada a empresa que mais inseriu mensagens publicitárias de seus produtos em filmes, em ranking divulgado nesta terça-feira.
Computadores, iPads, iPods e outros produtos da marca apareceram em 30% dos filmes mais famosos em cartaz nos Estados Unidos em 2010.
O filme com maior inserção de produtos foi Iron Man 2 ¿ com 64 dos produtos que podem ser identificados, de acordo com o Brandchannel, site da Interbrand, consultoria que trabalha com marcas globais.
O Brandchannel disse que identificou 591 marcas ou produtos em 33 filmes que chegaram ao primeiro lugar dos mais vistos em 2010, uma média de 17,9 por filme.
O total de produtos da Apple introduzidos em filmes supera os da Chevrolet, Ford e Nike, que seguem a empresa no ranking.
A Apple conquistou o prêmio Brandcameo por inserir mais produtos em filmes.

Gadget em forma de coração mostra o sentimento do usuário

A NTT Docomo, gigante japonesa do setor de telecomunicações, lançou um novo dispostivo de comunicação. O gadget monitora o batimento cardíaco dos usuários e mostra os seus "sentimentos", de acordo com informações da AFP.
O dispositivo foi batizado pelos pesquisadores da NTT de Taion-heart e foi demonstrado nesta terça-feira no laboratório da empresa, em Tóquio.
O "Taion-heart" é equipado com sensores de toque e de pulsação e mostra os "sentimentos" dos usuários através de flashes de luzes multicolorida e vibrações.

Site ajuda internauta a esquecer uma música ruim com outra

Quem nunca passou o dia inteiro cantarolando uma música que detesta só porque ouviu um pedaço da melodia na televisão, no rádio ou de um amigo que fez questão de lembrá-lo daquela canção que você detesta? Enquanto os cientistas não desenvolvem um remédio para desgrudar músicas que você acha ruim da sua cabeça, uma boa alternativa pode ser o site em português Desescute e sua proposta inusitada.
Como o próprio site informa, com muito humor, o "Desescute é um website de utilidade pública", que "traz uma solução baseada nos mais recentes estudos científicos sobre Impregnação Melódico-Cerebral: nós substituímos uma música chiclete em seu cérebro por outra ainda pior". Aparentemente, a solução não parece das melhores, mas na lista de "pílulas" do Desescute no Groveshark, site de compartilhamento de música online, o internauta pode acabar encontrando músicas que não considera tão grudentas assim. A playlist é bastante eclética.
Mais em http://desescute.com.br/

Internet Explorer 9 pode ser lançado no dia 14 de março

Um convite da Microsoft para a imprensa pode ser o primeiro e mais forte indício da data de lançamento da versão final do Internet Explorer 9. Nele, a gigante de Redmond convida para uma festa no SXSW, um festival de música e cinema onde, todo ano, algumas empresas de tecnologia aparecem também.
Com data marcada para o dia 14 de março, o convite traz no título a seguinte frase: "Venha celebrar a beleza da Web". Juntando a convocação a informações já conhecidas, como a de que o IE9 teria apenas um RC e os ciclos de seis semanas entre as atualizações da versão, dá para apostar na referida data.
Vale lembrar que, mesmo já confirmada a atualização automática da versão RC para a final, não é garantida que essa acontecerá em paralelo ao lançamento. O mais provável é que esse sistema entre em ação em conjunto com outras atualizações de rotina, provavelmente na primeira terça-feira de abril. De qualquer forma, quem não quiser esperar poderá baixar o instalador assim que ele for disponibilizado.

Motorola Atrix 4G nem foi lançado oficialmente e já possui root

O novo smartphone Android da Motorola, o Atrix 4G, apresentado na CES 2011, nem mesmo chegou às lojas e já possui uma ferramenta para fazer o root do aparelho.
Um dos aparelhos que mais impressionaram na última edição da CES foi, sem dúvida alguma, o Motorola Atrix 4G. Por todo o mundo os entusiastas de smartphones e, principalmente, do Android, esperam ansiosamente sua chegada às lojas. Entretanto, há quem não quis esperar e já tratou de trabalhar com o gadget.
Assim como conta o site Engadget, o root do aparelho, processo pelo qual o usuário consegue requisitos de super-usuário, já está disponível. Entretanto, o bootloader, que permitiria a utilização do ROMs customizadas, ainda está firmemente "trancado".
O feito é obra de um contribuidor da página xda-developers e foi postada neste sábado, arrancando muitos agradecimentos e congratulações por parte dos usuários da página. Vale lembrar que algo parecido também aconteceu no lançamento do Google Nexus One quando hackers conseguiram também realizar o root do aparelho antes mesmo de seu lançamento, no início de 2010.

BrainDriver: Sistema permite controlar carros com a mente



Cientistas alemães desenvolveram um método de dirigir automóveis a partir da leitura de eletroencefalogramas do motorista, em tempo real. Segundo o site DVICE, o professor Raul Rojas e a equipe de inteligência artificial da Freie Universität Berlin, da capital alemã, criaram uma espécie de boné capaz de identificar os comandos básicos utilizados ao guiar um carro, como aceleração, freio e direção do volante a partir de ondas cerebrais.

Ou seja, os cientistas conseguiram elaborar um sistema, com progressos significativos em projetos de controle a partir do pensamento, que permite aos seres humanos dirigirem um carro utilizando apenas o poder da mente. O site IEEE (http://spectrum.ieee.org/) descreve o projeto de forma mais técnica: O "neuroheadset", como está sendo chamado o equipamento acoplado à cabeça do usuário, registra as atividades cerebrais e, com um pouco de treinamento, passa a identificar padrões diferentes, de acordo com cada comando que o piloto tenta executar.

Portanto, o BrainDriver sabe entender se a pessoa está tentando virar para a direita, esquerda, acelerar, frear e assim por diante, de acordo com cada um dos padrões captados. Os comandos são enviados então para o sistema de controle eletrônico drive-by-wire do veículo (presente em alguns modelos que já existem no mercado) que reproduz as vontades do motorista.

Obviamente, ainda se trata de um protótipo, mas o BrainDriver mostra o enorme potencial para a produção, a longo prazo, de interfaces homem-máquina buscando a condução autônoma de automóveis. Um vídeo que mostra a execução do experimento pode ser visto através do link goo.gl/rmG6x

Google planeja ocultar barra de endereços do Chrome

O Google Chrome já tem uma das interfaces mais limpas que existem. Recentemente, o Google condensou o botão de parar e atualizar num só, e os menus de página e ferramentas em um só também. O que o Google quer tirar dessa vez? A barra de endereços.
De acordo com a Conceivably Tech, o gigante das buscas está trabalhando com quatro layouts diferentes, cada um com um tipo diferente de navegação. Há o clássico (o atual), o compacto (sem barra de endereço), o layout com abas laterais e o layout para telas de toque.

Nova TV 3D promete acabar com o desconforto visual

Uma nova TV 3D que começa a ser vendida este mês na Coreia do Sul troca a tecnologia dos óculos ativos - mais caros e que necessitam de baterias - pela dos óculos passivos, mais baratos e com manutenção mais em conta. O modelo Cinema 3D TV (LW5700), da LG, promete gerar imagens em 3D sem efeito de cintilação, que gera desconforto visual ao assistir vídeos nesse formato.
Segundo a LG, a nova TV, com taxa de atualização de tela de 120 Hz e iluminação em LED, usa uma tecnologia chamada FPR (Film Patterner Retarder) para melhorar a separação de imagens para os olhos esquerdo e direito, que são reunidas com os óculos especiais. A TV recebeu certificação de duas agências europeias (Intertek e TÜV) para ser designada como um modelo sem cintilação (que causa borrões na imagem e, por consequência, dor de cabeça no espectador).
Os óculos utilizados, diz a LG, são "confortáveis e baratos", pesando apenas 16 gramas e não usam partes elétricas. A TV ainda converte conteúdos 2D para 3D, reproduz vídeos no formato DivX e tem conectividade sem fios. O preço não foi divulgado, mas a LG diz que a Cinema 3D TV será lançada "globalmente" a partir de março.

Impressora 3D pode imprimir tecidos biológicos

Cientistas apresentaram no encontro da Associação Americana para o Avanço da Ciência uma impressora 3D que pode vir a imprimir tecidos biológicos. O pesquisador Hod Lipson, da universidade americana Cornell, afirma que o que ele e outros estudam é em vez de imprimir em plástico, imprimir com materiais biológicos, formando tecidos tridimensionais.
Atualmente, a equipe trabalha na impressão de orelhas para serem usadas na medicina reconstrutiva. A impressora não é muito diferente de uma de jato de tinta ou um plotter de impressão.
A ideia é que no futuro cada paciente tenha detalhes minuciosos do seu corpo armazenados no computador dos médicos. Se no futuro, ele vier a necessitar de uma nova cartilagem, um menisco, uma orelha ou até um osso, bastaria recuperar aquelas informações.
Depois células do próprio paciente seriam coletadas e postas em cultura para serem usadas como "tinta" para imprimir novas partes do corpo. Para Hod Lipson, a tecnologia pode fazer parte do dia-a-dia dentro de 20 anos.

Novo tablet com Android chega ao mercado por US$ 800

O Xoom, primeiro tablet da Motorola, começa a ser vendido esta semana no mercado norte-americano na próxima quinta-feira. O aparelho, que roda a versão 3.0 do sistema operacional Android, tem preço sugerido no varejo de US$ 799,99 na varejista Best Buy, que colocou hoje o produto em pré-venda.

O tablet, anunciado durante a CES 2011, em janeiro, usa um processador de núcleo duplo de 1 GHz e vem com uma tela sensível ao toque de 10,1 polegadas de alta definição. O Android 3.0, codinome Honeycomb, traz novos aplicativos e funções adaptados para a tela maior dos tablets, incluindo alguns apps do Google, como o Maps 5.0 com 3D integrado, e é compatível com aplicativos criados para os smartphones com a plataforma.

O novo dispositivo da Motorola traz conectividade 3G e Wi-Fi. Uma atualização no segundo trimestre vai deixar o aparelho compatível com redes 4G com tecnologia LTE nos Estados Unidos, por meio da operadora Verizon Wireless.

Segundo Sérgio Buniac, diretor-geral da divisão de produtos móveis da Motorola Brasil, o Xoom será lançado inicialmente no Brasil apenas com a versão Wi-Fi, em meados de abril. A versão 3G do Xoom sai no mercado local em maio, junto com o smartphone Olympus, também com Android.

Além do tablet, a Best Buy colocou à venda alguns acessórios para o Xoom, como teclado sem fios (US$ 69,99), um dock conector (US$ 49,99) e uma capa protetora (US$ 39,99).

Novo MacBook da Apple deve ser lançado esta semana



A nova versão do MacBook da Apple deve ser lançada no próximo dia 24 de fevereiro, segundo o site Mac Rumors. A atualização do modelo trará os novos processadores Sandy Bridge, da Intel - o que deve representar uma melhoria significativa em relação à versão anterior.

De acordo com o Mac Rumors, dois sites italianos listaram o modelo entre os produtos disponíveis para a venda e podem chegar ao mercado da Itália nas próximas quinta ou sexta-feira.

O Mac Rumors lembra que seria diferente para a Apple lançar computadores em uma quinta-feira e afirma que ouviu fontes confiáveis que confirmaram os rumores.

Computador que ganhou US$ 1 milhão será testado em hospitais

Após derrotar dois adversários humanos em um desafio de Jeopardy! e "ganhar" US$ 1 milhão, Watson, um supercomputador desenvolvido pela IBM, será testado em dois hospitais dos Estados Unidos, para verificar sua capacidade de realização de diagnósticos. O sistema é capaz de entender a linguagem humana e de consultar imensas quantidades de informações para encontrar a possível resposta a uma pergunta.
Os testes na área médica vão ser realizados no Centro Médico da Universidade de Columbia e na Escola de Medicina da Universidade de Maryland e serão os primeiros testes reais de Watson além do jogo de perguntas e das avaliações nos laboratórios da IBM.
Eliot Siegel, professor do curso de Medicina da Universidade de Maryland, disse que outros programas de inteligência artificial já foram testados nos hospitais, mas ofereceram respostas mais lentas e limitadas do que as esperadas por Watson. O programa pode se tornar muito útil no diagnóstico de pacientes pela análise de periódicos e livros, que ocuparia muito tempo de leitura de um médico. E antes que o robô de quizzes possa ser usado nos hospitais, serão necessários alguns ajustes. Para o game Jeopardy!, só há uma resposta, enquanto que o desafio da Medicina é lidar com os diversos diagnósticos e informações conflitantes, lembra o site do The Wall Street Journal.
Siegel afirma que demorará cerca de 2 anos para que Watson possa ser usado em pacientes, já que é necessário treinar bastante o programa para que ele entenda registros médicos eletrônicos e possa avaliar corretamente os sintomas de cada doença.
Watson provou sua capacidade de raciocínio na maratona de três dias do programa Jeopardy!, ao derrotar os campeões de edições passadas Ken Jennings e Brad Rutter em todas as categorias disponíveis, entre elas artes, ciência e cultura popular.
A participação do supercomputador da IBM no programa foi um sucesso. De acordo com o site Financial Times, a rede televisiva NBC conseguiu seu maior número de telespectadores nos últimos seis anos. Esse não é o primeiro feito de um supercomputador que ganha status na mídia: no passado, o Deep Blu derrotou o enxadrista Garry Kasparov, campeão do mundo.

LG revela preço de seu smartphone 3D

O primeiro smartphone 3D do mercado já tem data para chegar às mãos dos consumidores britânicos: 25 de abril. O LG Optimus 3D, mostrado no Mobile World Congress 2011, pode ser encontrado no site Expansys em pré-venda, pelo preço de 515 libras, cerca de R$ 1,4 mil.
Além da tela tridimensional de 4,3 polegadas, é preciso destacar também alguns outros recursos do LG Optimus 3D. A câmera digital integrada ao aparelho possui duas lentes, o que garante a gravação de vídeo em três dimensões. Há ainda conexão HDMI, que permite o envio das imagens gravadas para televisores HD.
A LG não informou oficialmente se o produto estará disponível na mesma data nos Estados Unidos. Da mesma forma, não há informações sobre preço ou data de chegada do smartphone ao Brasil.
Especificações
Tela: 4,3 polegadas com 3D sem óculos;
Processador: OMAP 4 dual-core de 1 GHz;
Câmera digital: lente dupla para gravação de vídeos em 3D;
Conectividade: DLNA, 3G, Wi-Fi e Bluetooth

Acessórios para o iPad 2 confirmam câmera frontal

Os fabricantes de acessórios confirmaram as dicas dadas pelo beta do sistema operacional iOS 4.3: o iPad 2 terá mesmo uma câmera frontal para o uso do FaceTime. O site 9to5 Mac conseguiu fotos de um dos protetores de tela para o tablet e o acessório indica uma câmera frontal ao centro do aparelho, na parte superior. Parece ser o mesmo visto pelaReuters no lançamento do The Daily.
Outra fabricante enviou ao site fotos que comparavam telas de proteção do iPad original ao iPad 2. Se isso confirmar, a próxima geração da tablet será um pouco maior do que a atual. Os betas distribuídos pela Apple dizem que o iPad 2 terá a mesma tela do original. Ainda não há data de lançamento para o próximo tablet da Apple.

iPhone 4 é eleito melhor dispositivo móvel pela MWC 2011

A Apple não comparece ao Mobile World Congress (MWC) 2011 (e a nenhum evento em que ela não seja a organizadora, como a Macworld), mas acabou sendo um dos assuntos mais falados por lá. Num ambiente dominando por celulares "android", o iPhone 4 foi eleito como o melhor dispositivo móvel.
Os juízes disseram que o smartphone tem uma ótima tela e design, material fantástico e um ecossistema fenomenal para os desenvolvedores de aplicativos. E acrescentam: "o iPhone 4 foi construído para determinar o padrão dos smartphones."
O MWC 2011 aconteceu entre os dias 14 e 17 de fevereiro, em Barcelona, na Espanha.

Brasil tem mercado promissor para sites de relacionamento



Com 40 milhões de usuários de internet - sendo 63% deles com idade entre 15 e 35 anos -, o Brasil vem se mostrando um dos mais promissores mercados do mundo para sites de relacionamento. Não é a toa que a americana eHarmony escolheu o País para inaugurar sua primeira filial de língua não-inglesa. "Já temos milhares de usuários brasileiros em dois meses de operação", afirma Stanlei Bellan, diretor geral da eHarmony Brasil.

Uma pesquisa internacional realizada pela Universidade de Oxford revela que os brasileiros são os mais propensos a encontrar alguém que conheceram online. Dos entrevistados, 83% afirmaram ter conhecido offline alguém que encontraram pela primeira vez online.

Segundo Bellan, o que atraiu a eHarmony foi a estabilidade econômica e o número grande de usuários de internet. "Os jovens brasileiros cresceram inseridos na cultura digital. Para eles é normal se relacionar com amigos, familiares e parceiros na internet". Um exemplo disso é que o Brasil já é um dos maiores consumidores mundiais de redes sociais, em especial o Orkut.

Os noivos Francielli, 23, e Maycon, 26, de São Paulo, afirmam que as pessoas já não reagem com surpresa quando contam como se conheceram. "Algumas pesoas mais velhas não entendem como a gente pode ter começado um relacionamento assim, mas aos poucos vêm aceitando melhor", diz Francielli. Eles se encontraram em um site de relacionamentos em janeiro de 2008 e estão de casamento marcado para o dia 30 de abril. Ela estava cansada das baladas, onde os relacionamentos acontecem de forma rápida e impessoal. Ele estava estudando e trabalhando e não tinha tempo para sair e conhecer pessoas. Ambos venceram o preconceito de procurar alguém na internet e hoje recomendam para todos os amigos. "Eu indico para todas as minhas amigas e muitas já são cadastradas", diz Francielli.

No Brasil, um dos primeiros sites de relacionamento a surgir foi o Almas Gêmeas, no Terra. Mais tarde associado ao Match.com, o Almas Gêmeas proporcionou a união de diversos casais - e segue na ativa, oferecendo mais de 15 milhões de fotos e perfis e cerca de 60 mil novos integrantes por dia. "Nos conhecemos na internet, no Almas Gêmeas, em 2001. Trocamos e-mails, depois nos falamos pelo celular, marcamos um encontro e seguimos juntas até hoje", conta a redatora Maria Weber, 36. Ela e a companheira Suzana dizem que, na época, havia um ar de 'novidade' em buscar parceiros pela rede - e também algum preconceito em relação às pessoas que o faziam. "Mas é apenas mais uma maneira de encontrar gente nova - amigos, parceiros comerciais, companhias para determinadas atividades e, por que não?, alguém para namorar", afirma Maria.

Para Claudio Gandelman, presidente do ParPerfeito, outro pioneiro há 11 anos no mercado brasileiro, o site de namoro "é um serviço para quem não tem tempo para sair à noite - e muitos jovens hoje têm dificuldade porque os estudos são muito demandantes". E a concorrência, para ele, não prejudica. "Na verdade pode até ajudar, porque quanto mais este tipo de serviço é oferecido, mais gente se acostuma com ele, fica mais divulgado e mais pessoas aderem".

Twitter suspende UberTwitter e Twidroyd por violarem normas

A rede social Twitter suspendeu nesta sexta-feira os aplicativos de gerenciamento de tweets UberTwitter e Twidroyd por violarem as normas de privacidade e de marca registrada, informou a empresa californiana.
O UberTwitter é um dos aplicativos mais populares para acompanhar as atualizações no Twitter através do BlackBerry e iPhone, enquanto Twidroyd funciona nos dispositivos operados com sistema operacional Android do Google.
Tal software, desenvolvido pela empresa UberMedia, tem hoje mais de 3 milhões de usuários, segundo publicaram seus criadores em seu site do LinkedIn. Em comunicado, o Twitter informou que os dois aplicativos, junto com outro, chamado UberCurrent, violavam várias políticas da rede social entre elas as referentes à privacidade das mensagens diretas entre usuários, assim como mudar o conteúdo dos tweets para ganhar dinheiro.
Outra denúncia foi sobre o caso de infringir as normas do microblog a respeito da marca registrada pela rede social. "Falamos com a UberMedia sobre esses assuntos desde abril do ano passado, quando lançaram o TweetUp. Continuamos em contato com eles com a esperança que farão com que os aplicativos suspensos cumpram nossas políticas em breve", assinalou o comunicado.

Fabricante japonesa lança câmera que pesa apenas 11 g

A fabricante japonesa de acessórios USB Thanko anunciou nesta sexta-feira uma câmera digital que pesa apenas 11 g. O gadget se conecta ao computador via USB e suporta cartões microSD de até 32 GB. A Mame-Cam cabe na palma da mão, medindo apenas 30x27x27 mm, e é totalmente funcional.
A câmera tem resolução de 2 megapixels, e grava vídeos em 640x480. A bateria da câmera tem autonomia de 36 minutos. O equipamento está a venda na loja online da empresa japonesa por US$ 95, segundo informações do site CrunchGear.

Toque, traço, desenho: muitas escolhas para usuários de celular

Os consumidores têm mais escolha que nunca com relação aos métodos que podem adotar para usar seus celulares e é provável que mudem de hábito mais rápido do que seria esperado, conforme a distribuição de novas possibilidades se acelera.
Escrever, desenhar e falar com o aparelho são algumas das alternativas à digitação e lojas de aplicativos e o Android as estão colocando à disposição de milhões de usuários.

O iPhone e sua tela sensível a toques, lançado pela Apple em 2007, revolucionou a maneira pela qual os consumidores interagem com seus celulares, gerando imitações intermináveis na ponta mais cara do mercado.

Mas digitar em uma tela continua a ser problemático para muitos usuários e recentemente surgiram diversas alternativas.

A Nuance Communications, produtora do software de reconhecimento de fala Dragon, esta semana lançou um aplicativo que permite que usuários escolham entre quatro métodos diferentes de inserção de dados por meio de ícones simples; o aplicativo está disponível em cinco idiomas europeus.

O Swipe, inventado pelo criador da tecnologia T9 que "adivinha" palavras à medida que são digitadas em um teclado convencional de celular, permite que usuários escrevam palavras à mão na tela de toque.

Outras ofertas vão mais longe: o Vlingo combina reconhecimento de voz e o que define como "mecanismo de intenção", que adivinha, por exemplo, que um usuário deseja ir ao cinema quando ouve o título de um filme, e responde com a programação de salas de cinema locais.

No ano passado, a Apple adquiriu o Siri, um aplicativo para o iPhone que serve também como "secretário" acionado por voz para a realização de tarefas como chamar radiotáxis ou fazer reservas em restaurantes, ajudado pelo fato de que o aparelho sabe a localização do usuário.

Outros fabricantes de celulares não demoraram a adotar essas tecnologias, oferecendo-as em suas lojas de aplicativos ou como recursos pré-instalados em seus aparelhos.

A distribuição de aplicativos por meio de lojas específicas acessíveis por celular significa que os usuários já não precisam esperar até trocar de aparelho para obter novos recursos, e a adoção do Android por dezenas de fabricantes de celulares está padronizando essa tecnologia avançada.

Empresa cria avião-espião com aparência de beija-flor

Uma empresa americana que desnvolve produtos aeronáuticos para o Pentágono apresentou nesta semana um avião-espião que cabe no bolso e que tem a aparência e o voo semelhantes aos de um beija-flor.
O protótipo, que custou cerca de US$ 4 milhões (aproximadamente R$ 6,6 milhões) e foi desenvolvido ao longo de cinco anos, pode voar por até 11 horas e carrega uma câmera capaz de espionar posições inimigas durante conflitos militares.
O dispositivo, batizado de Nano Hummingbird (Nano Colibri) voa batendo as asas como um pássaro de carne e osso e, com suas asas abertas, mede meros 16 cm. O beija-flor mecânico é capaz de voar a uma velocidade de até 17 km/h e pesa apenas 19 g.
Propulsão
A aeronave foi produzida para a Agência de Pesquisa de Projetos Avançados do Departamento de Estado americano. O Nano Colibri, que foi apresentado oficialmente para a imprensa nesta quinta-feira, usa apenas as suas asas como meio de propulsão. Os modelos atuais de aviões-espião dependem de propulsores para voar.
O avião-pássaro é movido a bateria, conta com motores e é guiado por meio de controle remoto. Durante a demonstração de oito minutos desta quinta-feira, o colibri mecânico voou para dentro de um edifício e retornou ao seu ponto de origem.

Novo Android terá competidor do iTunes da Apple

O Google prepara um competidor do iTunes para a nova versão do Android, o Honeycomb. Segundo o jornal Guardian, a notícia foi dada por Sanjay Jha, executivo-chefe de mobilidade da Motorola.
De acordo com Jha, a nova ferramenda feita para Honecycomb combinará serviços de vídeo e de música. Desde o lançamento do iTunes, uma série de outros serviços similares foram lançados, como o da Sony Entertaiment. A Apple, no entanto, detém 66% do mercado de venda de música por esta tecnologia.

Unicamp projeta sensor de alerta contra enchentes

O professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Hiroshi Paulo Yoshizane, desenvolveu um protótipo de sensor contra enchentes para ser utilizado nas ruas. O projeto foi apresentado na Câmara Municipal de Limeira na última segunda-feira, 14.

O sensor avisaria aos pedestres e motoristas o quão alagada a rua está. Ainda em fase experimental, o sistema teria as mesmas cores de um semáforo, explica o professor. "A cor verde avisaria que o alagamento está no máximo em 20 cm, portanto um carro conseguiria passar. Acima de 20 cm, a cor amarela apareceria e apenas ônibus e caminhões teriam capacidade de atravessar a rua alagada. Por fim, a cor vermelha apareceria quando a enchente estivesse acima de 40 cm, interditando totalmente a rua", disse.

Há também a possibilidade de inclusão de um sistema que avisaria ao pedestre e ao motorista se a enchente está aumentando ou diminuindo, "o que ajudaria a pessoa a decidir se espera ou altera sua rota", diz Hiroshi. Além disso, o professor conta que tem a ideia de incluir um sistema de avisos em mensagens de celular para a Defesa Civil e para o Corpo de Bombeiros, o que facilitaria a esses saber que pontos da cidade estão alagados.

Segundo o professor, que está "agilizando o processo de patente" do sensor, a receptividade dos vereadores de Limeira foi grande. Agora, o objetivo é formar uma parceria ente a prefeitura da cidade e a Unicamp para o desenvolvimento do projeto, e também levar a ideia às Câmaras Estaduais de todo o Brasil e à Câmara Federal.

Hiroshi, que é professor do curso de Construção Civil da Unicamp, teve como companheiros no desenvolvimento do projeto o professor Francisco Arnold, do curso de Telecomunicações, Rodrigo Ximenes, técnico do Laboratório de telecomunicações e o aluno do curso de Telecomunicações Estevao Nicoletto.

Novo smartphone E5 tem bateria que dura 26 dias

Muita gente sonha com um iPhone 4, Motorola Atrix, Nokia N8 - mas e o dinheiro pra comprar? Pra isso existe a linha low-end de smartphones, povoada por aparelhos que custam até R$ 800. A Nokia acabou de lançar uma opção nesse mercado, o Nokia E5: além do conhecido teclado QWERTY da Nokia, Wi-Fi, 3G, aGPS e Ovi Mapas de graça, ele tem bateria que dura até 26 dias em standby.

Celulares Nokia com Windows Phone podem chegar só em 2012

O presidente do conselho da Nokia, Jorma Olilla, afirmou que celulares da companhia equipados com o sistema operacional da Microsoft chegarão ao mercado a partir de 2012. Na terça-feira, o presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, disse durante o Mobile World Congress que a empresa estava sentindo pressão e que tinha como meta produzir um celular com o sistema da Microsoft até o final deste ano.

A Nokia anunciou na última sexta-feira uma parceria com a Microsoft para adotar o sistema operacional Windows Phone em seus aparelhos, substituindo a plataforma Symbian da empresa, e tornando a companhia finlandesa uma fabricante pura de aparelhos. "Estes produtos baseados no Windows estarão nos mercados a partir de 2012", disse Olilla em entrevista à emissora finlandesa YLE.

Olilla afirmou ainda que a Microsoft não é a única opção para a Nokia e disse que muitas companhias mostraram interesse em cooperação com a fabricante finlandesa. "Há Microsoft, Google (...) E, além disso, temos outros interessados." O executivo comentou que não tem sido pressionado por qualquer acionista sobre quem deveria ser o presidente-executivo da Nokia. Elop assumiu o comando da companhia em setembro, vindo da Microsoft. O executivo canadense é o primeiro não finlandês a dirigir a fabricante de celulares.

Supercomputador da IBM derrota humanos na TV

O supercomputador da IBM Watson derrotou definitivamente os dois competidores humanos no programa de perguntas e respostas da TV norte-americana, Jeopardy. Watson recebeu prêmio de US$ 1 milhão e a IBM deve doar todo o valor para iniciativas de caridade.
A edição do programa, chamado de IBM Challenge, durou dois rounds, com início na terça-feira, em que o Watson também ganhou. Os outros dois competidores, Jennings e Brad Rutter ganharam US$ 300 e US$ 200 mil, respectivamente. O episódio foi o de maior audiência do programa nos últimos seis anos.
A máquina foi desenvolvida durante anos nas instalações da empresa em Nova York e possui a força de processamento de cerca de 3 mil computadores. Todos os vídeos da competição podem ser vistos pela url http://bit.ly/gHA6w4.

MWC: casa do futuro tem monitoramento remoto de crianças

Ideias, padrões e tecnologias que um dia podem vir a ser usadas dentro de casa são um dos atrativos do Mobile World Congress. A "Embedded Mobile House" (ou "casa com tecnologia móvel embarcada") pretende mostrar como as tecnologias móveis integradas já estão melhorando a vida das pessoas e que poderá fazer a diferença no futuro.
O espaço é organizado pela GSM Association com empresas como AT&T, Ericsson, IBM, Qualcomm, KT e Vodafone. A casa apresenta tecnologias como o carregamento de gadgets sem usar fios, apenas com superfícies de contato integradas aos móveis, acesso a conteúdos digitais dentro e fora de casa - incluindo seu gerenciamento. O monitoramento remoto de crianças e até imóveis estão presentes no local.
O conceito de casa conectada se expande também para o carro (consequência óbvia), com dispositivos de navegação, rastreamento de bens e até mesmo uma espécie de seguro de carro pré-pago, dependendo de onde você estiver dirigindo. A GSMA ainda vê aplicações de mobilidade integradas aos sistemas de saúde, com monitoramento remoto de pacientes e até mesmo o cuidado de idosos, mostrando quando eles devem tomar remédios, por exemplo.
Porém, se engana quem pensa que vai encontrar uma casa de verdade (pelo menos um bom cenário) com robôs e cercada de tecnologia por todos os lados. A "Embedded Mobile House" é um cenário igual ao resto da feira, com estandes por todos os lados.

MWC tem celular de "princesa" e um que toma banho com o usuário

Na entrada do pavilhão 2 no Mobile World Congress, banners enormes indicam celulares incríveis e cheios de recursos: um com cristais, o aparelho para "princesas"; um com acabamento resistente, que promete ser duro na queda e que "pode tomar banho com você". No meio de inúmeras empresas de infraestrutura de redes telefônicas, a BYD tenta chamar atenção para seus aparelhos até então desconhecidos.

Com origem chinesa, a BYD (sigla para Build Your Dreams, construa seus sonhos) é a típica empresa faz-tudo: sua descrição no guia do MWC diz que ela é especializada em "tecnologia da informação, automóveis e novas energias". Em resumo, fabrica pilhas recarregáveis, investe em veículos elétricos e, agora, produz celulares. Ou quase.

Ao andar pelo estande da BYD, todos os aparelhos estão desligados. Podem não ter bateria, mas parecem protótipos de design (mockups, no jargão técnico). As informações todas estão em pequenas fichas (mal-impressas), como a de um smartphone com jeitão de iPhone 4 rodando Android 2.3, entrada para dois cartões SIM cards e bateria com "super duração". O aparelho que vai ao banho com o usuário fica em cima do balcão, inacessível.

O expositor não tem nenhum material informativo sobre os aparelhos, apenas um catálogo geral de produtos da empresa, sem os telefones. E onde vende, dá para comprar? Não, são aparelhos que serão usados com as marcas das operadoras, mas não existe nenhuma ainda. Dá até pena da BYD - que ganha dinheiro, ainda bem, com outras coisas.

Facebook planeja ter seu próprio cartão SIM

O Facebook pode dar mais um passo para que todas as pessoas tenham acesso à sua página, independente do tipo de celular e sem a necessidade de conexão com a internet.
Depois do lançamento de um aplicativo para feature phones e dos rumores de celulares do próprio Facebook, a rede social de Mark Zuckerberg quer fazer com que o acesso à sua página seja ainda mais fácil, com o desenvolvimento de um cartão SIM proprietário.
De acordo com o site The Register, a empresa de segurança digital Gemalto conseguiu rodar um aplicativo do Facebook dentro de um cartão SIM. Se isso realmente se tornar realidade, fará com que qualquer aparelho que funcione com a tecnologia GSM tenha acesso ao site, sem a necessidade de ser um smartphone ou de instalação de qualquer outro app.
É claro que não se deve esperar que o aplicativo seja tão completo quanto os das versões para iOS e Android, mas deve bastar para atualizações de status, curtir ou responder pedidos de amigos. A grande vantagem de um aplicativo rodando diretamente do SIM é que ele não precisará de conexão à internet pois se comunicará via mensagens de texto de segunda classe, explica o site Dvice, que são enviadas e recebidas diretamente pelo SIM, sem dependência do usuário.
Entretanto, o que o The Register destaca é que ainda não se sabe se, ou como, as operadoras poderiam cobrar por estas mensagens sendo enviadas e recebidas pelos celulares.

Maratona de robôs será no próximo dia 24, anuncia empresa

Em entrevista coletiva realizada hoje em Osaka, no Japão, a empresa fabricante de robôs Vstone anunciou oficialmente a primeira maratona para robôs, marcada para acontecer no dia 24 de fevereiro.
Os humanoides precisarão fechar 422 voltas em um percurso de 100 metros, o que totaliza 42,2 Km, e para ter certeza de que a disputa será justa, componentes que apresentarem defeito poderão ser substituídos, embora não seja permitida a troca de todo o robô.

Web 3.0 será uma realidade em breve, diz pesquisador



Uma palestra que chamou a atenção dos participantes do TEDxRio, evento de tecnologia, conhecimento e multiplicador de boas ideias, na tarde desta terça-feira, foi a do cofundador da Cortex Intelligence e coordenador do CortexLabs, núcleo de pesquisa e inovação do Rio de Janeiro referência internacional na área de Web 3.0, Web Semântica e Inteligência Artificial, Christian Aranha.

"Estamos dentro da próxima onda da internet, a Web Semântica, que nada mais é do que o computador em um nível no qual a máquina por si só começa a interagir com outra máquina, que atingem um nível de inteligência e começam a conversar entre si e trocar informações", diz Chistian, explicando o trabalho que desenvolve na área da internet.

Ele mesmo diz que pode parecer "loucura" mas este é o futuro. "A Web 3.0 será uma realidade em breve, acredito que antes de 2020, teremos os computadores oferecendo e fornecendo um serviço mais aprimorado para o homem, algo diferente da interação atual, 2.0, humanos x humanos", afirma.

Para Christian, o Brasil ainda está longe da realidade da Web 3.0. "Aqui não tem nada, ela ainda irá existir. O Tim Berners-Lee promete isso há dez anos e nada aconteceu. É fato que teremos o controle, mas essa nova tecnologia não se dará pelo humano e sim pelos computadores, na comunicação entre eles. Um bom exemplo é o de que não navegaremos por páginas, e sim por informação. O novo Google não te levará a uma link, e sim à informação contida naquele site, o que de fato você procura", diz.

Sobre a divulgação e pesquisa na área de inteligência artificial no Brasil, ele afirma com propriedade que a área precisa de mais divulgação e investimento. "Temos produções na área de inteligência artificial, o Rio é referência, muita coisa nas faculdades precisam de incentivo e apoio. Entretanto, o que dá Ibope é o que tem apelo comercial, como por exemplo o Carnaval. Temos que rever alguns conceitos", afirma.

Ele acalma quem acredita em um domínio das máquinas. "Dificilmente elas terão o poder de se manifestar sem o controle humano. Todo controle e a codificação disso tudo é feito pela gente, sem esse perigo de uma possível revolução das máquinas", diz Christian.

Empresa mineira anuncia o primeiro tablet nacional

Nos últimos meses você deve ter percebido a grande quantidade de notícias relacionadas ao lançamento de tablets. E, ao que parece, agora chegou a vez do Brasil entrar também nesta concorrência.
A empresa mineira MXT Industrial está lançando o iMXT, primeiro tablet fabricado por uma companhia brasileira. O produto, contudo, não tem o intuito de ganhar o mercado e disputar de igual pra igual com o iPad e o Galaxy Tab. O foco inicial da empresa é o mercado corporativo.
O projeto do iMXT foi iniciado em julho de 2009. O desenvolvimento levou 18 meses, sendo que em janeiro de 2010 o produto foi completamente redesenhado. "O foco do produto é o mercado corporativo e o segmento automotivo, e a principal diferença entre o iMXT e os tablets atuais é a sua robustez e alta capacidade de conectividade", afirma Etiene Guerra, diretor-executivo da empresa.
O iMXT deve chegar ao mercado por valores entre R$ 1,6 mil e R$ 2 mil. A expectativa da empresa é produzir cerca de 200 mil aparelhos até dezembro. Caso o Ministério das Comunicações consiga reduzir a carga tributária sobre os tablets, a demanda pode ser ainda maior.
Além do Brasil, o produto será comercializado também em outros países. Entretanto, qual é o maior diferencial do aparelho para que o consumidor prefira o produto nacional em detrimento dos tablets estrangeiros? "O iMXT possui a robustez exigida pela indústria automotiva e oferece uma infinidade de conectividades físicas, tais como 3 USBs, portas seriais, porta CANBUS, saída HMDI, infravermelho, ethernet e conectividade sem fio, tais como 3G, EDGE, Wi-Fi, Bluetooth e Zigbee", diz Etiene.
"Para o segmento corporativo, o grande diferencial é a possibilidade de customização do equipamento, que pode ser produzido de acordo com as necessidades do cliente, isto é, o cliente contrata apenas o que precisa", afirma.
Além destes diferenciais, o iMXT é um tablet rastreado. Em outras palavras, o equipamento pode, ligado ou não, enviar informações sobre sua localização com base nas posições informadas pelo GPS. O tablet utiliza como sistema operacional o Android 2.2.
Confira as características do iMXT
Sistema operacional: Android 2.2
CPU 800 MHz
Memória RAM: 512 MB
Memória Flash: 512 MB
MicroSD Card de até 32 GB (opcional)
Ethernet 10/100
Acelerômetro de três eixos
Bússola digital
Sensor de luminosidade
Microfone e alto-falante internos
Proteção contra pico de tensão (ISO7637)
Bateria interna de 5 mil mAH
Temperatura de operação: -40°C a 70°C para LCD
Peso: 650 gramas
Tamanho: 192 mm x 128 mm x 30 mm

MWC: novos aparelhos Sony Ericsson chegam em março ao Brasil


Dos quatro anúncios em smartphones da Sony Ericsson feitos no Mobile World Congress, que ocorre em Barcelona, e na CES, em janeiro, dois aparelhos já chegam em meados de março ao mercado brasileiro. São eles o Xperia Arc e o Xperia Neo, de acordo com Magnus Anseklev, presidente da Sony Ericsson Brasil, em entrevista durante o evento na Espanha.
Já os aparelhos Xperia Pro (com teclado QWERTY) e Play, com recursos do PlayStation integrados, serão lançados no segundo semestre no Brasil, de acordo com Anseklev.
O executivo estima que 33% dos aparelhos vendidos no Brasil são smartphones, com crescimento "muito rápido" da plataforma Android. "Até o final do ano o Android vai passar o Symbian", disse Anskelev. Para 2011, a Sony Ericsson promete maior rapidez na atualização da versão do Android em seus novos aparelhos: todos (Arc, Pro, Play e Neo) virão com a versão 2.3 do sistema operacional. Futuras versões do sistema serão atualizadas nos smartphones com maior rapidez, de acordo com Anskelev. "É uma nova estratégia", afirmou.
Sobre o lançamento de tablets, o presidente da Sony Ericsson Brasil afirma apenas que a empresa está fazendo uma análise de mercado em parceria com a Sony. "A referência de design hoje para tablets é a Sony, e se fizermos algo terá de oferecer um design diferenciado", disse. "Por enquanto, nosso foco está no smartphone

MWC: novo tablet com Android é inspirado em smartphones

A HTC anunciou nesta terça-feira o primeiro tablet da empresa, o HTC Flyer, no Mobile World Congress, em Barcelona. O novo aparelho, feito totalmente em alumínio, tem sistema operacional Android, tem tela de 7 polegadas, é sensível ao toque, reconhece a escrita com uma caneta especial e foi inspirado na experiência com os smartphones.
Segundo CEO da empresa, Peter Chou, o novo tablet propõe um foco diferente dos que estão no mercado atualmente. "É claro que os smartphones transformaram nossas vidas (...). Nós vimos uma oportunidade de criar um tablet que é diferente, mais pessoal e mais produtivo", afirmou.
Além disso, o HTC Flyer também suporta Flash 10 e HTML 5. Ele tem uma câmera frontal de 1,3 MP, outra traseira de 5 MP e processador de 1,5GHz com 1GB de RAM e 32GB de armazenamento interno. Na tela inicial do tablet, existem efeitos 3D, como os widgets de hora e data.
Outro destaque do tablet é o serviço OnLive de jogos por streaming baseados na nuvem, como no iPad. A empresa promete ainda que, com banda larga wireless da HTC, os jogos possam ser transmitidos e jogados pela TV. Pelo atalho http://bit.ly/g2SqpG do site Gizmodo, é possível ver uma análise do novo aparelho e mais fotos.
A HTC também lançou no Mobile World Congress dois smartphones: Chacha e Salsa. Com um botão dedicado de atalho ao Facebook, eles trazem a rede social integrada aos aparelhos, tornando mais fácil atualizar status, fazer upload de fotos, compartilhar websites, fazer check-in em locais e até mesmo ver atualizações de um contato quando ele liga para o seu telefone. Ambos têm câmeras de 5 MP, e a diferença está no tamanho da tela (2,6″ para o ChaCha e 3,4″ para o Salsa) e o teclado integrado no ChaCha. Segundo a HTC, os dois "telefones Facebook" começam a ser vendidos no segundo trimestre na Europa, Ásia e Estados Unidos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte de noticias

celular
Powered by Blogger